Na sexta-feira (22), é o último dia de vacinação contra a gripe (influenza) com prioridade aos grupos de riscos: crianças menores de 10 anos; adultos a partir dos 50 anos; idosos (à cima dos 60 anos); professores e trabalhadores da área da saúde (setor público e privado); gestantes; mães que tiveram bebês em até 45 dias; e portadores de doenças crônicas (respiratórias, renais, neurológicas, cardíacos, hipertensos, diabéticos, portadores de HIV, transplantados, obesos, síndrome de down, etc…).

Conforme dados coletados junto ao setor da Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde nesta segunda-feira (18), 80,51% de prioritários já estão imunizados em São Lourenço do Sul, totalizando 8.928 de doses aplicadas no município.

Grupos prioritários que já realizaram a vacina:

  • Professores: 108,15% (398 doses aplicadas);
  • Idosos: 84,7% (6.196 doses aplicadas);
  • Puérperas: 109,9% (60 doses aplicadas);
  • Trabalhadores em Saúde: 69,8% (717 doses aplicadas);
  • Gestantes: 75% (253 doses aplicadas);
  • Crianças: 63,6% (1.304 doses aplicadas).

Grupos com comorbidades (doenças crônicas):

  • 3.819 doses aplicadas.

Somadas as pessoas do Grupo Prioritário e os Doentes Crônicos (cuja totalidade não é passível de precisar, pois varia de ano para ano), o saldo chega a 13.185 vacinas aplicadas contra a gripe nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) do município. A população total de prioritários é de 11.089. E, a meta é atender 90% (9.980) em São Lourenço.

Ainda não há qualquer determinação caso a disponibilidade de vacinas em estoque para a população em geral após o encerramento previsto da Campanha.