Integrante do Piquete Cavaleiros do Sepé, o Tota, repassa a centelha ao Patrão do CTG Sepé Tiaraju.

Acesa, viva, honrando as tradições do Gaúcho. Foi desta forma que a Chama Crioula percorreu mais de 640 Km, desde Tenente Portela – RS, no dia 16 de agosto, até São Lourenço do Sul no dia 24 de agosto. Da Geração à Distribuição do fogo simbólico, nas mãos de 12 cavaleiros: Piquete Cavaleiros do Sepé e Comissão do Município, representando os CTGs da 16ª Região Tradicionalista.

Na noite de sexta-feira (13), o Piquete buscou a Chama Crioula na Prefeitura Municipal, a qual foi designada a incumbência da guarda do fogo. O prefeito Rudinei Härter entregou a centelha ao integrante do Piquete, Vilson Bauer (Tota). Dali se dirigiram até o CTG Sepé Tiarajú, onde fora repassada ao Patrão, Paulo Cezar Damé Ribeiro, acompanhado da 1ª Prenda Juvenil da 16ª RT, Luiza Krüger Saalfeld, para então dar início aos Festejos Farroupilha.

Na oportunidade também fora reinaugurada a Galeria dos ex-Patrões.

A ronda da Chama Crioula na madrugada ficou a cargo da Invernada Adulta do Sepé, passando a guarda neste sábado (14) a Invernada Dente de Leite. E assim, sucessivamente até o dia 20 de Setembro, data máxima do Gaúcho e suas tradições, lutas, sofrimentos e glórias.

O Coral APUFPEL, sob a regência da competente e experiente maestra Vera Vargas, excitou o hino rio-grandense:

Confira alguns registros, da Guarda da Chama Crioula ao deslocamento ao CTG Sepé Tiaraju: