Nosso Projeto, Valorização do Homem do Campo, parceria do São Lourenço Repórter com a Agropecuária Querência, nos levou a um setor de suma importância para atividade agropecuária: os remates e seus índices de referencia nacional. Ou seja, visitamos a sede da Baraúna Agropastoril no município, na Fazenda Santa Fé – Estrada Camponesa. Lá conhecemos o manejo e o sistema operacional, trabalho que garante a excelência da genética dos touros da Raça Angus e que estarão sendo ofertados na 41ª Expofeira de São Lourenço do Sul.

Na oportunidade, fomos recebidos pelo empresário, Sr. Vanderlei Guerra, gerente Sr. Ariano Souza e, Sr. Anderson Silveira, do Escritório Tarumã. Na pauta, de onde vem a referência em genética da Baraúna! Um Grupo Familiar – Família Guerra, há 127 anos no ramo de exportação de madeira, do reflorestamento, há mais de 60 anos na criação de gado de corte no RS, SC e norte do país. Além da produção de arroz, soja, cavalos crioulos, dentre outras atividades. Aproximadamente 14 anos instalados em São Lourenço.

E a “ponta do iceberg”, é justamente o 6° Remate Rústicos da Baraúna na 41ª Expofeira. Oportunidades em genética com touros utilizados em grandes criatórios no Brasil. Tourada rústica, adaptadas a nossa região e, condições de prazos especiais, no domingo (6/10/2019).

“Há 6 anos atrás a Baraúna formatou uma parceria com o Sindicato Rural de São Lourenço do Sul e, fomos muito bem aceitos. A genética da Baraúna, com certeza, são de animais utilizados em grandes criatórios. Estamos falando de uma genética americana, argentina, consagrada, premiada em grandes palcos da Raça Angus, Palermo, exposições em Esteio, que tivemos animais filho do Candelero*, premiado na Expointer. Esta é a genética que estará à disposição no domingo, 6 de outubro”.

Anderson Silveira

Escritório Tarumã

(*Candelero: TRES MARIAS 8155 CANDELERO. O pai mais importante da atualidade no Angus Brasileiro. Vencedor do ranking de pais da Associação Brasileira de Angus em 2014, 2015, 2017 e 2018; Muito atrativo e expressivo; Reservado Campeão Junior Palermo 2009; Terceiro Melhor Touro Sênior Palermo 2010; Seu pai MAXI de muita uniformidade em sua produção; Sua mãe LANDRIA, própria irmã de DON ALVARO e mãe de TITÁN).

O 6° Remate Rústicos da Baraúna apresenta amplo financiamento na rede bancária. Estarão sendo comercializados 60 Touros Angus, PO e PC. “Quem produz qualidade tem o diferencial na hora da venda. A bonificação nos frigoríficos converte o investimento”, destaca Anderson. E na Agência Sicredi e Banco do Brasil também estará a disposição para o cliente a carta crédito – pré financiamento – em 5 ANOS. Além dos descontos habituais dos remates da Baraúna. 

– As condições das agências bancárias também estarão à disposição no Remate de Ventres da 41ª Expofeira, no sábado (5/10/2019): em torno de 200 a 250 animais.

Outro importante dado da Baraúna, é o selo do Programa de Melhoramento de Bovinos de Carne (PROMEBO®), que visa à obtenção de ganhos genéticos, através da utilização de ferramentas seguras na escolha dos animais melhoradores, credencial responsável pelos índices dos animais, como do Tatuagem 467. “Além de ter os melhores índices, está entre os três melhores índices dentre os cem touros da Baraúna. Geralmente pessoas que não conhecem as qualificações técnicas, olham pelo aspecto físico. O índice garante a rusticidade e a adaptabilidade para a região”, exalta Guerra.

Dentro do manejo/sistema operacional a propriedade utiliza as Técnicas como IA, IATF , Suplementação Mineral e rações balanceadas com apoio técnico da Supra e da Agropecuária Querência, técnicas que auxiliam a propriedade a ter bons índices reprodutivos com rebanho imunizados através de um manejo sanitário vacinal preventivo 

Quem explica essa é o Sr. Ariano Souza: “A gente dá muito valor a rusticidade. Se usa o que tem de melhor na genética da raça. A Agropecuária Querência é um parceiro fundamental. Basicamente a gente compra tudo que se usa na propriedade. Um parceiro de 5, 6 anos”. A entrevista com o staff da Baraúna você confere LOGO ABAIXO. Para entender um pouco mais deste manejo operacional, vamos conhecer com afinco a Fazenda Santa Fé, na reportagem fotográfica: