O São Lourenço Repórter conversou na manhã desta terça-feira (24) com o 1º Secretário da Câmara de Vereadores, Rodrigo Seefeldt (PT), pra falar da resposta que o Legislativo recebeu da Caixa Econômica Federal sobre o porquê do financiamento pleiteado pela municipalidade de R$ 14 milhões, não fora aprovado. No ofício 002/2019 assinado pelo Gerente Geral Leonardo Priebe de Oliveira, a resposta de que o crédito não foi efetivado devido o município não ter sido aprovado na análise de capacidade de endividamento realizado pela agência.

De qualquer forma, o prefeito Rudinei Härter (PDT) concedeu entrevista na data anterior ao Programa, relatando que o município de São Lourenço do Sul, ainda encontra-se no CADIN. Ou seja, o município fica impedido de celebrar convênios com a União, em razão da inadimplência.

Veja o que disse o vereador ao Programa:

O programa de crédito (FINISA), contemplaria seis projetos de São Lourenço do Sul, como a aquisição de caminhões e patrola, finalização das obras da Escola de Educação Infantil da Camponesa, revitalização da Orla da Praia e o desassoreamento do Arroio São Lourenço.