A.P.C.F., de 34 anos de idade, registrou ocorrência na Delegacia de Polícia de São Lourenço do Sul na quarta-feira (25), comunicando que após adotar um cachorro, que fica no interior de seu pátio no Bairro Sete de Setembro, passou a receber bilhetes onde consta que não deveria ficar com o animal, pois estaria perturbando os vizinhos.

Declarou não ter conhecimento de quem poderia estar escrevendo os bilhetes, e assim, por temer pela sua integridade física – algo mais grave, leva ao conhecimento da autoridade competente.