Foto: arquivo.

A Promotora de Justiça, Dra. Gabriela Monteiro, através do Ministério Público (MP), está investigando toda a situação que envolve os sanitários na Praia de São Lourenço do Sul. Principalmente os banheiros químicos (“pipi móveis”) e a novidade deste veraneio, os banheiros contêineres instalados em três pontos da Orla: Barrinha, Nereidas e Ondinas.

Banheiro contêiner e banheiros químicos na Praia da Barrinha.

A preocupação do MP, em entrevista na manhã desta quinta-feira (23) ao Programa, é saber o destino dos dejetos. Após identificação do condutor da Prefeitura Municipal que realiza o serviço de sucção/descarte, veio o questionamento se as fossas coletivas apontadas nos Bairros Camponesa e Arthur Kraft teriam capacidade de armazenar todo material coletado na praia, sem contaminar o solo daquela região ou da Lagoa. Haja vista que o local de descarte possui uma vala – o questionamento: “Onde deságua?”. Outra investigação do MP: “A atividade tem licença ambiental?”.

ESCUTE A ENTREVISTA:

Entrevista com a Promotora de Justiça, Dra. Gabriela Monteiro

por São Lourenço Repórter | 23/01/2020