O presidente do núcleo do CPERS em São Lourenço do Sul, Prof. Ivan Miritz, fez uma análise no Programa na manhã de hoje (24), da situação em que se encontra o magistério na atualidade. Afirmou que a greve foi suspensa para conclusão do ano letivo 2019, visando completar 200 dias/aulas, mas seguem mobilizados – as aulas devem ser concluídas até o Carnaval. Enquanto isso, aguardam as ações políticas entre Governo do Estado e Assembleia Legislativa.

A categoria também prepara uma mobilização na Capital dia 27/01, porque no outro dia começam as votações dos projetos encaminhados, dentre eles, o Plano de Carreira dos Servidores Públicos em Educação.

Miritz pediu a compreensão de pais e alunos e, anunciou férias por 30 dias após a conclusão do ano letivo.

ESCUTE A ENTREVISTA:

Entrevista com o presidente do CPERS SLS, Prof. Ivan Miritz

por São Lourenço Repórter | 24/01/2020