Na foto, nossa reportagem entrevista o produtor Albino Specht, o presidente da AMO-RS, Ubirajara Molon, acompanhado de demais organizadores.

O 23º Moto Lagoa reuniu um grande número de motociclistas e turistas em São Lourenço do Sul durante todo final de semana. Apesar das adversidades, como o pânico diante ao coronavírus que se instaura sobre o mundo e a falta de água na barragem que abastece o município, os Guerreiros do Asfalto, grupo que organiza o evento, não estavam alheios aos fatores: “Confeccionamos e fizemos uma panfletagem, conscientizando todo o turista para que faça uso racional da água”, disse o produtor Albino Specht.

Largo Laura Abreu esteve lotado na tarde de sábado (14).

Da mesma forma se posicionou o presidente da Associação dos Motociclistas do Rio Grande do Sul (AMO-RS), Ubirajara Molon, atento aos cancelamentos de aulas e demais calendários, mas que o Moto Lagoa conseguiu se sobrepor: “Devido a adversidade que a gente está tendo com o coronavírus, mas é um sucesso (23º Moto Lagoa). Meus parabéns aos Guerreiros do Asfalto que vêm batalhando por anos e anos para que nós tenhamos um evento dessa magnitude”, proferiu. 

A Casa da Amizade em parceria com o Rotary Club sempre presentes no evento com o GUARDA VOLUMES (Caminhão disponibilizado pelo Supermercado Jepsen).

Ou seja, o 23º Moto Lagoa foi um absoluto sucesso, não só no evento em si no Largo Laura Abreu, mas a rede hoteleira, casas de aluguéis e rede gastronômica da cidade, todos com grande público/lotação. “Foi acima da expectativa, a gente nunca esperava um movimento, um sucesso tão grande”, definiu Specht.

Motociclistas chegando ao evento.