Em entrevista ao São Lourenço Repórter na manhã desta quarta-feira (18), o prefeito Rudinei Härter e a secretária de saúde Jaqueline Bergmann, confirmaram o segundo caso suspeito de coronavírus no município. Trata-se de um homem de 66 anos, que apresentou sintomas de tosse, dor de garganta e coriza. O paciente está na zona de risco (mais de 60 anos), têm problemas cardíacos e hipertensão. Esteve em passagem pelo aeroporto de São Paulo recentemente. Cabe o registro que o homem procurou atendimento via Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde por telefone: 3251 9558. O número 150 da Secretaria Estadual da Saúde também está disponível. Ele foi orientado e está em isolamento domiciliar e social.

Na data anterior, uma mulher de 42 anos, que viajou para Sergipe e possivelmente teve contato com estrangeiros, apresentou sintomas do COVID-19: febre, tosse e dor de cabeça. A pessoa está em isolamento domiciliar com cuidados e acompanhamento de equipe médica sem sintomas graves.

Segunda a Secretária de Saúde, é um momento de “distanciamento social” e evitar “TODAS atividades coletivas”. A orientação é “não procurar as UBSs para evitar aglomerações e, FICAR EM CASA!”, destacou.

A transmissão do vírus se dá das formais mais contundentes possíveis, até de quem não tem sintomas podem contaminar, principalmente, pessoas de alto risco, como os idosos, que são os mais suscetíveis. O prefeito confirmou a suspensão de todos eventos agendados pelo município.

ESCUTE A ENTREVISTA:

Entrevista com a Sec. Jaqueline Bergmann e o prefeito Rudinei Härter

por São Lourenço Repórter | 18/03/2020