Na manhã desta terça-feira (31), ouvimos no São Lourenço Repórter o deputado federal Henrique Fontana (PT). O parlamentar explicou como solicitar e quem têm direito ao benefício Auxílio Cidadão de R$ 600 mensais, aprovado pela Câmara dos Deputados, diante do quadro de pandemia. Na pauta, o parlamentar ainda destacou a Lei que protege empregado, com o Governo Federal arcando com salários, por exemplo, e que será votada hoje.

Fontana fez duras críticas às ações do Presidente da República Jair Bolsonaro, principalmente de seus discursos que incentivam o convívio social. “Não queremos que o Brasil seja a Itália, a Espanha de amanhã”, evidenciou.

Escute a ENTREVISTA EXCLUSIVA e saiba todos os procedimentos para solicitar o benefício Auxílio Cidadão de R$ 600, além de saber como serão feitos os pagamentos:

Entrevista com o deputado federal Henrique Fontana (PT)

por São Lourenço Repórter | 31/03/2020

O “Corona voucher”, como popularmente foi chamado pelos políticos, consiste em ser um benefício de R$600,00 (seiscentos reais) que será distribuído aos trabalhadores informais, autônomos, pessoas de baixa renda ou microempreendedores que não tem condições de continuar trabalhando neste cenário da pandemia do COVID-19.

Porém muitas pessoas possuem dúvidas de como solicitar o benefício do “corona voucher”, e é isso que iremos debater mais adiante.

Como solicitar – Quem tem direito ao benefício?

– Todos trabalhadores informais têm direito ao benefício. As condições é que sejam maiores de idade, ou seja, tenham mais de 18 anos, obviamente não tenham emprego formal ou carteira assinada, e não devem ter renda familiar superior a R$3.153,00 (três mil, cento e cinquenta e três reais), o que é equivalente a três salários mínimos, ou receber até R$522,50 por pessoa.

– MEI: Microempreendedores individuais também tem direito, porém não devem estar recebendo nenhum auxílio como previdência ou seguro desemprego. Mas caso esteja recebendo bolsa família, poderá escolher entre a bolsa família ou o benefício, decidindo pelo que lhe convém.

Para saber como solicitar seu benefício, fique atento ao site do ministério da cidadania:

MINISTÉRIO DA CIDADANIA