Em entrevista ao São Lourenço Repórter na manhã desta terça-feira (14), o prefeito municipal Rudinei Härter (PDT) ressaltou que aguarda definição do governador Eduardo Leite (PSDB) para definir novo decreto, haja vista que o Estado sobrepõe às decisões municipais. A sugestão do prefeito é que os comércios, por ora, que não constam como serviços essenciais, possam abrir, pelo menos duas vezes por semana com todos os cuidados preventivos de combate ao Covid-19, como o uso de máscaras, tanto para comerciantes, como para a população em geral. A data, até então do decreto estadual, termina nesta quarta-feira, 15 de abril.

Por sua vez, Leite espera o levantamento técnico da UFPel, que vem realizando testes rápidos na população da região sul do Estado, para ter um panorama do contágio e, assim emitir medidas seguras à comunidade. Contudo, Härter e o governador, seguem priorizando em seus discursos a preocupação com a saúde pública e a vida.

NOVO SECRETARIADO EMPOSSADO

Rudinei falou da troca no seu secretariado: o Secretário de Gabinete, Eduardo Schneid da Silveira, pediu desligamento alegando motivos pessoais e, dará lugar a Elizete Michaelis Köhler, que também ocupa a pasta da Administração. Os secretários Lélio Blank (Obras) e José Valdoir Ribeiro (Habitação), deixam seus cargos para concorrer ao legislativo pela sigla do prefeito (PDT), respectivamente, Emir Pech e Janaína Meneses, assumem as pastas.

RACIONAMENTO | DRAGAGEM | ESTIAGEM

O prefeito ainda comentou as obras de transposição de água do açude da fazenda Capão do Engenho para o arroio São Lourenço que iniciou na segunda-feira (13); Da retomada da dragagem do afluente e as ações para ajudar nos prejuízos causados pela estiagem, com a destinação de 16 caixas d’água (recursos do Estado) para o meio rural – ESCUTE A ENTREVISTA NA ÍNTEGRA:

Entrevista com o prefeito Rudinei Härter (PDT)

por São Lourenço Repórter | 14/04/2020