Neste domingo (26), São Lourenço do Sul comemora 136 anos de emancipação política. Uma longa história que começou há muito tempo. Antes da colonização, o representante da coroa portuguesa, Rafael Pinto Bandeira, desde 1776, já possuía uma faixa de terras na costa da Lagoa dos Patos, porém nunca fixando residência nelas.

Ontem (25), durante a live de Sátyro & Alexandre e banda, promoção da TV São Lourenço Repórter, o município também fora homenageado – CONFIRA:

A Colonização

Em 1850 o Cel. José Antônio de Oliveira Guimarães, proprietário da Fazenda São Lourenço, doou parte das terras para uma nova povoação e, em 1858, firmou contrato comercial com o prussiano Jacob Rheingantz, iniciando-se, então, a colonização alemã-pomerana na região. Em 1877, ano da morte de Rheigantz, a colônia já tinha um total de 52 mil hectares e mais de 6 mil moradores entre imigrantes e descendentes.

A crescente economia da colônia, devido a produção de batata dos então pescadores pomeranos, durante o século XIX e parte do século XX, fez com que a Freguesia de Boqueirão fosse considerada vila e emancipada de Pelotas em 26 de abril de 1884, e a sede do novo município foi passada para São Lourenço em 15 de fevereiro de 1890.

Na atualidade, a “Pérola da Lagoa dos Patos”, possui belas praias que seduzem turistas de diversas partes do globo, atraidos por hotéis, pousadas, cabanas, o camping municiapal e a rede gastronômica. A ecônomia do munícpio também está atrelada a pesca e a agricultura familiar, através da cultura e produção do fumo, leite, carne, arroz e soja, haja visto a grande população de moradores no setor rural.