Em entrevista exclusiva ao São Lourenço Repórter na manhã desta segunda-feira (4), o prefeito Rudinei Härter (PDT) reforçou o apelo à comunidade para que se utilizem máscaras em São Lourenço do Sul. Conforme o decreto 5.355, que regulamenta a obrigatoriedade para quem está trabalhando e para clientes que adentrarem estabelecimentos em ambientes fechados. O prefeito ainda foi enfático a destacar a proibição de aglomerados no município (cidade/interior). Mas, de certa forma agradeceu a cooperação dos lourencianos no primeiro dia deste decreto em vigor.

Em relação aos R$ 6.308.133,68 que São Lourenço possa vir a receber via Programa Federativo de Enfrentamento ao Coronavírus (PLP 39/2020), Härter acredita que ainda é algo distante de precisar tal repasse por parte do Governo Federal.

ESTIAGEM

As ações do executivo também estão voltadas no momento na construção de bebedouros e horas máquina para criar novos açudes a fim de amenizar os prejuízos dos agricultores, que no último levantamento da Emater/RS apontou danos significativos, na casa dos R$ 300 milhões no município. A estiagem que começa a afetar a pecuária leiteira, relatou Härter.

Quanto ao racionamento de água, é outra preocupação da Administração Municipal, mas que a barragem do Arroio São Lourenço, com o aporte do açude da Família Crespo, dá certa tranquilidade, pelo menos até o final de maio. Denúncias de uso irregular de água podem ser feitas pelo número (53) 9 8424 1020.

ESCUTE A ENTREVISTA:

Entrevista com o prefeito Rudinei Härter (PDT)

por São Lourenço Repórter | 4/05/2020