O ex-prefeito de São Lourenço do Sul, Daniel Raupp Martins afirmou na manhã desta quarta-feira (13), no São Lourenço Repórter que não será candidato a cargo eletivo em 2020 (caso as eleições ocorram). Márcia Lucas ou Elemar Wojahn são os nomes propostos pelo Partido dos Trabalhadores no município, com definição ainda na data.

Mas a pauta que trouxe Raupp ao programa hoje, foi o fato de ter sido citado pelo prefeito Rudinei Härter (PDT) falando em imbróglio judicial envolvendo a Santa Casa e construção da UTI, anunciados em 2015 pela gestão petista. “Durante todo esse tempo a UTI tem sido bengala de desculpa pela incapacidade de gestão. ‘N’ governos sempre estiveram de mãos dadas com a Santa Casa”, afirmou o ex-prefeito questionando ‘atritos’ em episódios recentes com a atual gestão da casa de saúde.

Raupp Martins disse que o repasse de R$ 1.093 milhão foi conferido à  Santa Casa e depositado em conta, porém, as obras não seguiram por que o prédio não estava preparado – faltava alicerce para a construção da UTI no 2º piso – depois disso ele perdeu a eleição. Segundo ex-prefeito, compete ao atual gestor o comprometimento com a casa de saúde para dar andamento à obra. Inclusive, no envolvimento direto de repasses públicos.

ESCUTE A ENTREVISTA:

Entrevista com o ex-prefeito, Daniel Raupp (PT)

por São Lourenço Repórter | 13/05/2020