O comandante do Corpo de Bombeiros, Sargento Kerchirne, foi nosso entrevistado na manhã de hoje (21). Kerchirne relatou alarmantes e preocupantes 80 focos de incêndio no município desde 1º janeiro. Na ampla maioria, incêndios em campos e mata nativa, “o que é proibido e, um crime ambiental”, destaca o comandante.

O aumento de queimadas tem relação com a estiagem, o que não inibe a responsabilidade dos autores, que segundo Kerchirne, os focos têm começado em queimas de lixo e, após fica incontrolável.

O CBMRS Pelotão de Bombeiro Militar de São Lourenço do Sul do 3°BBM, através de seu comandante, vem a público solicitar a comunidade lourenciana para evitar queimadas no período. Fica também o registro do São Lourenço Repórter a toda corporação – graças ao Corpo de Bombeiros, muitos desses focos não se transformaram em fatos dramáticos, com perdas de vidas, principalmente ao redor da cidade, haja vista o êxito dos profissionais no pronto atendimento e controle das chamas.

ESCUTE A ENTREVISTA:

Entrevista com o comandante do Corpo de Bombeiros, Sargento Kerchirne

por São Lourenço Repórter | 21/05/2020