No quadro MENTAL TCHÊ desta quinta-feira (28), a terapeuta ocupacional, Suélen Stifft falou da tarefa de ficar em casa em meio à pandemia e a saúde mental dos idosos no período. Apesar de ressaltar a importância do resguardo social, alertou que a solidão pode desenvolver transtornos psicológicos, consequentemente o aumento de ansiedade e abatimento dos idosos.

A profissional elencou procedimentos que podem ser trabalhados na convivência familiar para evitar o desconforto e até mesmo uma depressão, tais como recordar da vida olhando fotos, jogos de mesa (cartas, damas ou dominó) e, a tecnologia para ficar ‘perto’.

ESCUTE A ENTREVISTA:

Entrevista com a terapeuta ocupacional, Suélen Stifft

por São Lourenço Repórter | 28/05/2020