Em entrevista exclusiva ao São Lourenço Repórter na manhã desta terça-feira (2), o Sargento Kerchirne, comandante do Pelotão de Bombeiro Militar de São Lourenço do Sul, deu detalhes da operação na noite anterior, do incêndio, em um campo no bairro Nova Esperança. Os Bombeiros utilizaram uma retroescavadeira, um caminhão pipa da prefeitura, abafadores e aproximadamente 5.000 litros de água para apagar o sinistro, onde o fogo consumiu em torno de 150.000 m² de vegetação rasteira. “Não causou vítimas, nem danos matérias às casas próximas do incêndio. O fogo se alastrou rapidamente. Com abafadores conseguimos controlar”, destacou Kerchirne.

Os bombeiros contaram com apoio da Defesa Civil, Secretaria de Obras e populares para apagar o incêndio.

Por sua vez, o comandante da corporação solicitou a comunidade para evitar a queima de lixo, além de se tratar de um crime ambiental. “A vegetação continua seca. Novamente lixo! A gente fica ‘batendo na mesma tecla’, pedindo pra população não colocar fogo no lixo”, alertou. Segundo o CBMRS, 90% das ocorrências de incêndio em São Lourenço do Sul são associadas a queimadas à vegetação.

ESCUTE A ENTREVISTA:

Entrevista com o Sargento Kerchirne

por São Lourenço Repórter | 2/06/2020

GALERIA DE FOTOS: