Em entrevista ao São Lourenço Repórter na manhã desta quinta-feira (4) o Capitão Fábio Suppo Mendonça, comandante da Brigada Militar em São Lourenço do Sul, falou das ações da segurança pública para coibir, principalmente, o tráfico de drogas. “Nós temos tido alguns tiroteios (último final de semana que resultou em duas pessoas baleadas), destoando do que é característico em São Lourenço”, comentou.

Porém, as ações em conjunto da BM com a Polícia Civil, tem agido com rigor a criminalidade no município. “Nos leva a crer que esses atos de arma de fogo, levam ao tráfico de drogas.”, identifica Mendonça. Inclusive, o incêndio às margens do Arroio São Lourenço pode ter ligação com desavenças do ‘mundo entorpecente’ e, que está sendo investigado pela PC. “O tráfico de drogas, infelizmente, não diminuiu na pandemia”, destacou.

Contudo, Mendonça evidenciou a forma de atuação da segurança pública em São Lourenço com mais de uma viatura: “Minha forma de trabalhar: Mais força que eu mostrar, menor a força eu vou fazer”.

Aglomeração na praia

Em relação aos aglomerados na Orla da Praia durante o final de semana, ao contrário do que determina os decretos para evitar a proliferação do coronavírus, Capitão Mendonça conclui: “Conscientização social. Dever cívico a se adequar com o bem do próximo. A meu juízo, só vai dar certo se a sociedade encampar essa ideia”!

ESCUTE A ENTREVISTA:

Entrevista com o Capitão Fábio Suppo Mendonça

por São Lourenço Repórter | 4/06/2020