Em entrevista ao Programa na manhã de hoje (19), a secretária de saúde, Jaqueline Bergman, abordou um questionamento reincidente da comunidade: Porque quando divulgado no BOLETIM INFORMATIVO DA COVID-19 do município que pessoas que contraíram o vírus já estão curadas?

A RESPOSTA: Dois tipos de exames são utilizados para detectar o coronavírus em um paciente, tanto para identificação da doença (Covid-19), quando a presença de anticorpos, ou seja, que a pessoa já teve contato com o vírus, mas não tem mais a doença, já está recuperada. Seja qual for o caso, com identificação positiva ou negativa, o resultado é contabilizado.

Teste RT PCR – Este teste deve ser coletado entre três e sete dias de sintomas (febre, dor de garganta, cefaleia, mal estar, tosse…). Este exame é realizado através de coleta de material da garganta e nariz, que é enviado a um laboratório de referência e leva alguns dias para apresentação do resultado. Enquanto este exame é avaliado a pessoa fica em isolamento e, é acompanhada por uma UBS.

Teste Rápido IgM-IgG – Este exame pode ser realizado a partir do terceiro dia de sintomas ou sem sintomas através de coleta de sangue e, o resultado fica pronto  entre 15 e 30 minutos. Resultado REAGENTE para IgM significa que pessoa está com doença ativa, deverá cumprir isolamento domiciliar e será acompanhado e avaliado pela UBS. Resultado REAGENTE IgG significa que pessoa teve contato com o vírus e já está recuperada,  não cumpre isolamento domiciliar, pois seu contato com o vírus pode ter sido há dias, semanas ou meses.

DRIVE-IN PROIBIDO

Quando questionada em realização a realização de ‘Drive-in’, onde inclusive em Porto Alegre, hoje bandeira laranja (sendo SLS, amarela) fora permitido o Drive-in no Anfiteatro Pôr do Sol, a partir do dia 27 deste mês, com capacidade de 200 carros por sessão, Bergmann relatou que eventos de arte, cultura e esporte estão proibidos pelo Decreto Estadual e, que nova análise será realizada pela Vigilância Sanitária para tentar viabilizar.

*Cabe ressaltar, que empresários lourencianos vislumbraram aqui, o primeiro Drive-in do Brasil, para atividades como a música e a cultura voltarem a atuar – infelizmente, no restante do país já está, de certa forma, liberado.

ESCUTE A ENTREVISTA:

Entrevista com a secretária de saúde Jaqueline Bergmann

por São Lourenço Repórter | 19/06/2020