Após 90 dias, a Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) voltará a cortar o fornecimento de água por falta de pagamento nesta quinta-feira (25). Prorrogar o prazo de suspensão está em estudo, mas sem definição até o momento, de acordo com a companhia.

A Corsan suspendeu o corte de água por dois meses em março. Em maio, a companhia estendeu o benefício por mais 30 dias, período que termina nesta quinta. Caso a medida se confirme, volta a valer a regra anterior à pandemia de coronavírus: 45 dias depois do vencimento da fatura, o usuário está sujeito à suspensão do abastecimento.