Diante de tantas conjecturas políticas para o pleito, provavelmente em 15 de novembro de 2020, o São Lourenço Repórter ouviu nesta quinta-feira (25) o presidente do PSDB Emílio Lessa, que se colocou como possível nome a concorrer ao executivo, bem como o do vereador tucano Adrean Peglow, ainda a ser estudado pelo partido. Porém, o que chamou a atenção fora a cobrança ao atual prefeito de São Lourenço do Sul, Rudinei Härter, que segundo Lessa, e que estava apalavrado, era o apoio na campanha de Härter (2016), em troca do apoio ao PSDB na liderança da chapa majoritária nas Eleições de 2020.

A entrevista também foi marcada por frases contundentes, como: “Tem que ter eleição em 2020 […]; Sou contra reeleição […]; Prefeito não é profissão […]; Todo mundo é transitório […]”, proferiu o também assessor parlamentar do deputado estadual Pedro Pereira (PSDB). Na pauta ainda fora abordada a possibilidade de quatro candidaturas ao executivo – reeleição de Rudinei, Tonho Lessa pelo MDB e Partido dos Trabalhadores.

ESCUTE A ENTREVISTA:​

Entrevista com o presidente do PSDB Emílio Lessa

por São Lourenço Repórter | 25/06/2020