Na última sexta-feira, dia 17/07/2020, foi preso um casal na cidade Navegantes, Estado de Santa Cataria pela Divisão de Investigação Criminal de Itajaí/SC. A mulher é ré em um processo de HOMICÍDIO ocorrido em março de 2019 em São Lourenço do Sul, quando um homem foi assassinado em frente a Escola Vicente Di Tolla. Ela teve a Prisão Preventiva decretada e estava foragida desde 2019.

Seu companheiro, que cumpre pena em Pelotas por homicídio ocorrido em São Lourenço do Sul em 2009, havia rompido a tornozeleira eletrônica e também estava foragido. A prisão foi fruto de trabalho integrado de inteligência entre a Delegacia de Polícia de São Lourenço do Sul e a Polícia Civil do Estado de Santa Catarina, onde o casal estava vivendo foragido.

RELEMBRE O CASO

Na noite desta segunda-feira (25), Miguelangelo Rosa Dorneles foi assassinado a tiros nas proximidades da E.E.E.F. Vicente Di Tolla, no Bairro Lomba – São Lourenço do Sul. Outro homem, que não teve a identidade revelada, está internado na Santa Casa de Misericórdia – ele também foi baleado. A informação fora confirmada pela Capitã Pâmela Muhlemberg Tavares Saueressig, comandante da Brigada Militar e, pelo Dr. Edson Ramalho, delegado de Polícia.

Segundo relato de populares e moradores da região foi ouvido vários disparos de arma de fogo. A Brigada Militar está em operação e a caça de quem poderia ter cometido o crime. Para o delegado, a primeira hipótese levantada é acerto de contas por conta do tráfico de drogas.