Em entrevista ao São Lourenço Repórter na manhã desta sexta-feira (4), o gerente local da agência do INSS, Sr. Guilherme Teixeira Gomes, abordou alguns assuntos de extrema importância, principalmente quanto a dificuldades citadas no Programa para alcançar alguns benefícios em meio à pandemia do novo coronavírus.

O INSS está sem atendimento ao público desde o dia 20 de março de 2020, porém, como relatou o gerente, há expectativa de uma nova normativa a partir de 24 de agosto.

Teixeira Gomes disse na entrevista que “nenhum benefício vai deixar de ser testado na pandemia por falta de prova de vida”, e mais, “quem tinha a prova de vida vencida no período, não precisa se preocupar, que não é obrigatória”, salientou. O gerente do INSS conta que tão logo, o Governo Federal estará divulgando como proceder  após as restrições de atendimento ao público.

Quanto a benefícios de incapacidade, Teixeira Gomes conta que é possível criar uma senha própria no portal do INSS e incluir atestado médico, porém, é sempre considerado apenas 30 dias, ou seja, precisa ser renovado após este prazo, sendo obrigatório para ser validado o prazo médico – sem data que o paciente necessita no atestado, não entra no sistema do INSS.

ESCUTE A ENTREVISTA:

Entrevista com o gerente do INSS, Guilherme Teixeira Gomes

por São Lourenço Repórter | 4/08/2020