Para o deputado federal Henrique Fontana (PT), autor do Projeto que prevê um conjunto de regulamentação para garantir proteção social e trabalhista e a inclusão previdenciária para os trabalhadores de transporte por aplicativo, o Congresso Nacional precisa priorizar a votação que garantam respeito e dignidade aos trabalhadores. “Milhões de pessoas estão trabalhando por aplicativo: Uber, 99 Taxis, Cabify, Uber Eats, Rappi, iFood, etc… um trabalhador que está extremamente explorado. 10h, 12h por dia, 7 dias por semana, às vezes ganhando menos que um salário mínimo”, destacou o parlamentar em entrevista ao São Lourenço Repórter nesta segunda-feira (24).

A intenção do deputado é regulamentar o salário mínimo por hora trabalhada; apoio a equipamentos de segurança; férias; 13º salário; pagamento extra em horários noturnos e domingos. “As plataformas estão abusando deste poder”, criticou.

ESCUTE A ENTREVISTA:

Entrevista com o deputado Henrique Fontana (PT)

por São Lourenço Repórter | 24/08/2020