O meio estudantil viveu grande expectativa nesta terça-feira. Enquanto o Estado afirmava categoricamente que as providências haviam sido tomadas com recursos financeiros, equipamentos de higiene para adequação à Pandemia, o CPERS sindicato fez manifestações com críticas pesadas à equipe do governador Eduardo Leite e que nada estava de acordo para garantir aos professores e alunos o retorno às aulas presenciais: falta estrutura, profissionais, recursos, testes, etc.

Diante de tudo isto, os diretores de escola também trataram de informar a seus alunos que as aulas realmente não recomeçariam no dia de hoje e que as escolas, por enquanto, permaneceriam fechadas. A nossa reportagem postada a seguir, registra a informação com detalhes. 

Áudio completo da manifestação do CPERS sindicato

por São Lourenço Repórter | 20/10/2020