O VII Leilão que aconteceu nos dias 2/10 e 3/10 com iniciativa do Sindicato Rural e o Escritório de Remates Tarumã, no parque de exposições em São Lourenço do Sul, ainda está em evidência pela grande repercussão e vendas positivas registradas.

A comercialização, na ‘batida do martelo’, foi realizada em evento virtual (2/10) e presencial (3/10), onde participaram diversos produtores dos municípios da região sul e até de outros estados.

Na manhã de hoje (22), o gerente de negócios Cléo Neitzke, da Cooperativa de Crédito Sicredi, compareceu ao São Lourenço Repórter para falar sobre a parceria Sicredi/Organizadores: “A gente estava com uma expectativa boa e ocorreu tudo bem”.

Durante a entrevista, Cléo apontou números interessantes: Foram comercializados 300 animais e a partir desses, 200 foram financiados pelo Sicredi. No total dos valores registrados pelo leiloeiro, foi computado em torno de R$ 1,5 milhão, no qual 50% contou com prazos de cinco anos e com negociação via Sicredi.

Na conversa entre o repórter Ruy Fernando e Cléo, outros dados interessantes sobre o evento foram evidenciados além de ser ressaltado que em breve uma próxima edição pelo Sindicato Rural de São Lourenço deve acontece, devido ao sucesso e interesse demonstrado pelos pecuaristas.

Ouça a conversa completa:

Conversa com o gerente de negócios Cléo Neitzke

por São Lourenço Repórter | 22/10/2020