Com a extensão da água salgada até agora na Lagoa dos Patos, os pescadores artesanais passam por bom período na safra de peixes como a tainha e linguado. Se tivermos sorte, a captura do camarão também pode ser um acréscimo a partir da liberação.

O pescador e proprietário de uma parelha de pesca e ex-presidente da Coopesca, Sr. Clodoaldo de Freitas Vargas, acredita que novembro e dezembro será o período ideal para safra, porém, devido a legislação vigente, a pesca do crustáceo só terá liberação a partir de fevereiro.

Na manhã desta sexta-feira (22), Clodoaldo compareceu ao São Lourenço Repórter para conversar com os ouvintes sobre como está sendo o processo de pesca na Lagoa e deixou a sua ótica do porquê a água da lagoa permanece salgada até agora.

Na entrevista foi abordada a questão do decreto que proíbe a pesca de bagre na região, devido a riscos de extinção, entretanto, Clodoaldo discorda de que o bagre esteja correndo esse risco.

Para mais informações, ouça o áudio abaixo:

Conversa com o pescador Clodoaldo de Freitas Vargas

por São Lourenço Repórter | 23/10/2020