Na quarta-feira (21), o Centro de Escritores Lourencianos completou 24 anos de fundação.

A escritora, poetisa e presidente da entidade, professora Cleia Dröse conversou com a equipe do São Lourenço Repórter no dia de hoje (23), para falar mais sobre essa associação que busca lapidar talentos literários que já existem em São Lourenço do Sul.

Para as pessoas que têm interesse em fazer parte do grupo, é necessário que goste de ler e escrever, ter um texto escrito para que seja avaliado e esteja de acordo com as normais estatutárias que o centro possui.

O lugar disponibiliza de oficinas literárias que foram criadas com o objetivo de ajudar os integrantes a desenvolver melhor o seu lado da escrita, junto à inclusão da cultura, inteligência e manutenção da sensibilidade das pessoas, diante um período difícil.

A direção do CEL conta com 30 associados, entre 12 que fazem parte da nova direção junto à presidente, na qual irão estar em posse até setembro de 2020.

As reuniões de diretoria são realizadas virtualmente, uma vez por semana, para que possa ser debatido o planejamento de novos projetos.

Por fim, Cleia avisa que a cada primeira segunda-feira e terceira quinta-feira do mês são disponibilizadas oficinas literárias e rodas de leituras online, devido à pandemia da Covid-19.

A seguir, ouça o áudio abaixo:

Conversa com a escritora, poetisa e presidente da entidade, professora Cleia Dröse

por São Lourenço Repórter | 23/10/2020