Na manhã deste sábado (07/11/2020), apenas três dias após o feminicídio ocorrido na última quarta-feira (04/11/2020), após a Polícia Civil obter  informação de que o homem investigado pelo assassinato teria chegado na residência de sua família durante esta madrugada, policiais civis, com apoio da Brigada Militar, prenderam o homem contra quem havia Mandado de Prisão Preventiva Decretada.

Ainda na tarde de sexta-feira (06/11/2020), após exaustivo trabalho de investigação e reunião de provas que indicaram a autoria do crime, a Autoridade Policial Titular da Delegacia de Polícia de São Lourenço do Sul apresentou à Justiça a Representação pela decretação da Prisão Preventiva do investigado.

A representação foi recebida em regime de plantão e a ordem de prisão foi decretada à noite pelo Juiz Plantonista.

No momento de sua prisão, os policiais ainda encontraram em poder do investigado, um revólver calibre 38 e munições. De modo informal, pelo foragido, de que a arma apreendida foi utilizada no cometimento do crime.

O investigado foi recolhido ainda pela manhã deste sábado ao Presídio Regional de Pelotas, onde permanecerá à disposição da Justiça.

TEXTO: PC.