Essa fotografia não está fora de foco. É tão somente o trevo de acesso a São Lourenço do Sul, que em setembro, diante de manifestações populares, havia sido religado, iluminado. Coincidência ou não, era época plena de campanha política. Porém, passado o período de soluções rápidas para tudo, voltamos ao convívio tradicional e a escuridão no local. Explicações também são as de sempre: o local está em obras (duplicação da BR-116) e o culpado é o sistema.

A insegurança, principalmente com acidentes de trânsito, parece que não precisam ser levadas em conta. A empresa Sultepa, responsável pela obra na rodovia, com certeza, não deve ser responsabilizada pela ordem, pois sua missão é cumprir e não determinar.