Em entrevista ao São Lourenço Repórter, o presidente da Associação dos Municípios da Zona Sul (Azonasul), prefeito de Arroio Grande, Luís Henrique Pereira da Silva, foi categórico ao abordar o surto de Covid-19 na região sul do Estado: “Se agravou no período eleitoral. No momento que o Tribunal Superior Eleitoral não entende o período de pandemia, é obvio que as pessoas se mobiliaram para a eleição, ou políticos. A democracia lamentavelmente falou mais forte que a saúde.

“Todos (candidatos) foram às ruas. Muitos se contaminaram, muitos contaminaram as pessoas, por impotência dos prefeitos de controlar multidões”.  

Contudo, como presidente da entidade que compreende a 21 municípios, Luís Henrique, reeleito, disse que os prefeitos não devem ficar se martirizando: “Nós acatamos o que dizem os poderes. Não pode, não deve ficar na nossa conta, não fomos os responsáveis pelo momento democrático”, enfatizou.

Contudo, o fato é que na última sexta-feira (11) o governador Eduardo Leite elencou a R21, que está São Lourenço do Sul, em Bandeira Preta no mapa de Distanciamento Controlado. Mas, a Azonasul ingressou com recurso para retornar a Bandeira Vermelha: “Véspera de Natal, a economia morrendo, os empregos escapando… […], o mundo enfrenta a Covid-19 e as coisas tem que andar”. O prefeito de Arroio Grande tem como forte justificativa o anuncio de 10 novos leitos de UTIs em Pelotas, referencia regional para tratamento da doença, e responsável direto (leitos) por ditar as cores da bandeira do coronavírus.

A live em que Eduardo Leite se pronuncia ocorre às 17h.

——————————

Site: https://www.saolourencoreporter.com/

Facebook: https://www.facebook.com/saolourencoreporter/

Instagram: https://www.instagram.com/saolourencoreporter

Twitter: https://twitter.com/sl_reporter

Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCi2Q8Id9oHhe6j78euBmdiQ

São Lourenço Repórter

Vinculado ao Web Site do Programa São Lourenço Repórter.

Há mais de 30 anos trazendo informação à população lourenciana.