Moradores de São João da Reserva, interior de São Lourenço do Sul, entraram em contato com o São Lourenço Repórter na manhã desta terça-feira (16), indignados com o atraso no recolhimento o lixo orgânico na localidade. Segundo, uma senhora, está há duas semanas sem ser coletado – amanhã (17), completa três semanas – e, com o ponto facultativo da Administração Municipal, teme que o serviço atrase ainda mais.

Da mesma forma, um dos moradores, se mostrou preocupado com o lixo acumulado nas proximidades do hospital, haja vista questões ambientais e de higiene necessárias para com os pacientes da casa de saúde.