Enfático, o presidente da Câmara de Vereadores de São Lourenço do Sul, Paulinho Pereira (PSDB), disse que não ficará ‘em cima do muro’ sobre os assuntos polêmicos que estão tramitando na Casa Legislativa. Trata-se dos projetos da Administração Municipal de reajuste no preço da iluminação pública e recolhimento do lixo: “Não é o momento de aumentar imposto”, destacou em entrevista na manhã de hoje (22) ao São Lourenço Repórter.

O presidente da Câmara disse que em meio à alta da gasolina, óleo diesel, compras no supermercado em geral, salário mínimo desvalorizado e, em serviços que não estão sendo realizados pela Prefeitura, a população está com recursos contados e diante de um período de pandemia. “Demandas básicas tem que ser feitas”, entende – ou seja, não é desculpa para o atraso na coleta do lixo e escuridão em pontos específicos do município. 

Pereira ainda convocou a comunidade para acompanhar a Sessão Ordinária a partir das 18h15min de hoje, AO VIVO pela RÁDIO SÃO LOURENÇO AM 1190 Khz, onde estará presente o administrador da Santa Casa, André Hinterholz e, na próxima quarta-feira (24), a administração do Hospital da Reserva, respectivamente, abordando o enfrentamento ao Covid-19. “Trabalhos intensos para atender as demandas da comunidade”, finalizou.

ESCUTE A ENTREVISTA:

Entrevista com o presidente da Câmara de Vereadores, Paulinho Pereira

por São Lourenço Repórter | 22/02/2021