Em live na tarde desta segunda-feira (22), o Governador do Estado do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, anunciou o fechamento das atividades, a partir das 20h, antecipando em duas horas, em relação à  sábado (20/02), até às  5h. Contudo, o modelo de co-gestão em meio ao distanciamento controlado, permanece – um pedido dos prefeitos. “Assim como o governador, os prefeitos também foram eleitos e são responsáveis pela fiscalização”, evidenciou Leite – as restrições começam a valer nesta terça-feira (23).

Cobrando a cooperação dos hospitais para que mantenham os dados atualizados e, afim de evitar o colapso da rede hospitalar em meio a pandemia da Covid-19,  a secretária estadual de saúde, Arita Bergmann, pediu a colaboração dos gestores municipais e da comunidade como um todo. “Estamos no pior momento. Nunca tivemos uma taxa de ocupação tão alta (UTIs)”, destacou.