A rede particular de ensino fundamental, em São Lourenço do Sul na figura da Escola Nossa Senhora Estrela do Mar, presente há 85 anos no município, está retornando com as aulas presenciais através do sistema híbrido, após autorização da Prefeitura Municipal e Vigilância Sanitária, quanto ao seu plano de contingência.

No São Lourenço Repórter desta manhã (23), a psicopedagoga e diretora da escola, Cinara Maria da Rosa Abreu, definiu o retorno como “um desafio”. “Esse nosso retorno tem sido de muitas expectativas, muitos detalhes, muitas preocupações”, afirmou.

Na entrevista, a diretora abordou as prevenções ao coronavírus, que vão ser por meio do escalonamento entre alunos (sistema híbrido) e equipamentação do educandário: tapetes sanitizantes, álcool em gel, etiquetas para marcar o distanciamento e termômetros eletrônicos. Ainda, conforme a direção acadêmica, a escola se preocupa com o emocional dos alunos, pois segundo Cinara, o distanciamento com a sala de aula impediu o desenvolvimento da área cognitiva, afetiva e emocional dos estudantes. “A socialização e a coletividade, a gente sabe que vai ter que ir muito lentamente até que a gente entenda que a doença está controlada”, ressaltou.

Ouça a entrevista completa:

Entrevista com a psicopedagoga e diretora da escola Estrela do Mar, Cinara Maria da Rosa Abreu

por São Lourenço Repórter | 23/02/2021