A “Ponte da Divisa” na Costa do Arroio Grande, interior de São Lourenço do Sul, encontra-se com problema. No local da travessia foi colocado, pela Administração Municipal, um aterro para impedir a passagem. “As cabeceiras estão prejudicadas e as estacas quebraram. Precisamos de madeira de cerne – já estamos conversando com proprietários da região”, evidenciou o Secretário do Desenvolvimento Rural, Moisés Araújo, em busca de doações.

As cabeceiras da ponte apresentam problemas.

À nossa reportagem, Araújo destacou que a ponte absorve grande quantidade de veículos de carga, extrapolando a capacidade do que a mesma suporta. “O correto seria a construção de uma ponte de concreto, mas isso gira na casa dos R$ 500 mil. Para evitar acidente, foi colocada a terra”, disse.

Com o caixa no vermelho o chefe do Desenvolvimento Rural acredita que com a doação do material, consegue tão logo, recuperar a passagem. Até lá, a solução para o escoamento da produção agrícola, logo na época de colheita, é realizando um trajeto maior, pela vizinha Turuçu.