Segundo o Governo Federal, a nova fase do auxílio emergencial está prevista para começar em abril, com quatro parcelas e com diferentes valores estipulados em R$150, R$ 250 e R$ 375, de acordo com a necessidade de cada família.

Em entrevista ao São Lourenço Repórter nesta manhã (19), o deputado federal, Henrique Fontana (PT), disse que a questão central do Auxílio Emergencial é um posicionamento equivocado do governo Bolsonaro ao propor uma “economia inadequada de recursos”. “Nós não podemos diminuir o Auxílio Emergencial do valor que foi concedido no ano passado, porque a pandemia piorou. A economia brasileira está pior e o Auxílio Emergencial de R$ 600 é a grande ferramenta para recuperar a economia brasileira”. E completou afirmando que seguirá defendendo o mesmo valor do ano passado, pois acredita que há condições para que ele seja pago.

Recuperação dos direitos políticos do ex-presidente Lula

Fontana disse ainda que os direitos de Lula nunca deveriam ter sido retirados e, que após ter o seu julgamento anulado, o país está em um caminho de recuperar a sua democracia. “Evidente que ele será um candidato muito forte a presidente do Brasil porque ele sintetiza a esperança de um outro tipo de governo em relação a todo este caos que nós estamos vivendo sob o governo Bolsonaro”.

A seguir, ouça a entrevista completa:

Entrevista com o deputado federal, Henrique Fontana (PT)

por São Lourenço Repórter | 19/03/2021