Antes da temporada de verão, o São Lourenço Repórter entrou em contato com deputados, vereadores e direção geral do Daer-RS para abordar a falta de atenção com a ERS-265 que se encontrava com diversos problemas, como buracos na pista, falta de acostamento e de sinalização, além de reclamações da população sobre as constantes multas em trechos que não indicavam a delimitação de velocidade.

Na manhã desta quinta-feira (1), o presidente da União Lourenciana de Ciclismo, Dirceu Hartwig, reivindicou a falta de limpeza e manutenção na ERS-265 que está impedindo a qualidade de trafegabilidade e a segurança de ciclistas e motociclistas que passam pelo local. “Vão se passar 30 dias de um anúncio que foi feito e eu duvido que a gente tenha alguma solução, porque já se passaram tanto meses”, disse.

Segundo Dirceu, as vegetações das laterais da via estão avançando o acostamento e evidencia que a mudança da estação colabora ainda mais para o crescimento da vegetalidade. “Ou seja, o perigo se torna maior”, destacou – ouça a entrevista completa: