Registrado na Delegacia de Polícia de São Lourenço do Sul ao final da tarde desta segunda-feira (10), um Boletim de Ocorrência constando de que o cidadão L.R., morador da cidade, teve seu cartão clonado – os prejuízos superariam R$ 1.000,00, caso os valores fossem descontados na hora. A tentativa do crime foi para comprar um tênis NIKE entre outros objetos, parcelados.

L.R. deu conta de que em seu aplicativo bancário, no dia 8 de maio de 2021, foi realizada três compras, aparecendo na fatura do mês de junho, as quais não efetuou e, que sequer utilizou o cartão naquele dia.

Como medida de segurança ligou para a central da agência, solicitando o bloqueio imediato. A Polícia Civil investiga o caso.