Na última semana a Polícia Civil de São Lourenço do Sul prendeu um indivíduo por associação ao tráfico de drogas e apreendeu consigo uma caminhonete vermelha com placas clonadas, chassis e motor adulterado. O veículo, também proveniente do tráfico, havia sido roubado em 2017, na cidade de Taquari. A inteligência da PC descobriu a ação criminosa após o veículo passar por algumas barreiras policiais. Mas, em abordagem da Brigada Militar de São Lourenço em fevereiro, o veículo fora multado (o indivíduo estava com pequena quantidade de entorpecente). O verdadeiro dono do carro contestou a multa, alegando que nunca transitou por aqui.

Em entrevista ao São Lourenço Repórter na manhã desta terça-feira (11), o delegado, Dr. Edson Ramalho, abordou o tema: “O comando do tráfico vem de dentro dos presídios. Dois grandes grupos do Rio Grande do Sul. A polícia acaba sempre reprimindo, mirando no topo da organização criminosa”.

A partir da contestação da multa, a PC de São Lourenço fora novamente atrás do veículo e, constatou que o chassis e motor eram adulterados. Ramalho chamou atenção para a qualidade da falsificação – escute a entrevista na íntegra:

Entrevista com o delegado, Dr. Edson Ramalho

por São Lourenço Repórter | 11/05/2021