Sec. de Gabinete exemplifica pontos do decreto e aborda possível contestação do MP

Sec. de Gabinete exemplifica pontos do decreto e aborda possível contestação do MP

O Secretário Especial de Gabinete, Cristian Iepsen comentou na manhã desta quarta-feira (2) no São Lourenço Repórter, pontos mais relevantes do decreto que permite o funcionamento das atividades econômicas nos próximos dias, sem lockdown, assinado na noite anterior pelo prefeito Rudinei Härter (PDT). “O problema não está no comércio; Praias, praças e parques estão proibidas a permanência; Esporte coletivo (em Ginásios) também está proibido. Redução no horário de restaurantes até as 21h, quem já estiver lá dentro pode ficar até as 22h. Comércio em geral funciona”, definindo como um ato de coragem do executivo.   

As medidas estabelecidas em Plano de Ação se estendem até o dia 13 de junho. Questionado de como seria a ação da Administração Municipal, caso o protocolo seja contestado pelo Ministério Público, haja vista que SÃO LOURENÇO DO SUL, juntamente com AMARAL FERRADOR, CHUÍ, CRISTAL, JAGUARÃO, PINHEIRO MACHADO, RIO GRANDE e SÃO JOSÉ DO NORTE, estão agindo em desacordo com a Azonasul, Iepsen disse que é esperado. “Nós sabemos que pode haver um apontamento do MP, alguma cobrança. Mas o 3As (Sistema de Monitoramento do Governo RS) não obriga fechar o comércio; ele obriga que a região tome medidas mais restritivas, que é o que estamos fazendo”, finalizou.

Clique aqui: CONFIRA O QUE DIZ O DECRETO, BEM COMO ESTABELECIMENTOS QUE PODEM FUNCIONAR

Escute a entrevista na íntegra:

Entrevista com o Sec. de Gabinete, Cristian Iepsen

por São Lourenço Repórter | 2/06/2021

Pin It on Pinterest