Novos prazos do INSS entraram em vigor para todos os benefícios na quinta-feira (10). O limite administrativo, de 45 dias, será de até 90 dias para boa parte dos benefícios. O tempo vale tanto para quem vai entrar com um pedido quanto para quem está aguardando uma resposta.

Cada benefício terá um prazo diferente, conforme a complexidade da análise. Na maioria dos casos, houve ampliação do tempo. A exceção é para o salário-maternidade, que terá que ser analisado dentro de 30 dias. “Se eu encaminhar o meu processo e o INSS não responder, o silêncio já é uma negativa. Eu já poderia entrar com um processo judicial”, explicou o advogado Maurício Raupp Martins ao São Lourenço Repórter na manhã de hoje (11).

Escute a entrevista na íntegra:

Entrevista com o advogado Maurício Raupp Martins

por São Lourenço Repórter | 11/06/2021