Registro dos funcionários da cozinha e equipe de nutrição, recebendo o freezer.

O São Lourenço Repórter esteve na tarde de terça-feira (29), na Santa Casa de Misericórdia de São Lourenço do Sul, onde fora realizada a entrega de um freezer para a cozinha da casa de saúde. Um trabalho do projeto Hospital Verde, coordenado pelo técnico do trabalho, Magnun Weikamp. Através do projeto, já fora coletado mais de 11 toneladas de material reciclável e 10.980 litros de óleo de cozinha usado, desde que o mesmo foi posto em prática em 2019 – ou seja, os próprios funcionários e a comunidade realizando o descarte correto do ‘lixo seco’, que na sequência é revertido nas demandas da Santa Casa. “Hoje a gente fez uma entrega. Tudo revertido dos reciclados que a gente coleta do hospital e da comunidade também”, disse Weikamp.

Túnel para descarte de óleo usado, ao lado da Farmácia.

O descarte de material reciclável pode ser realizado nas segundas, quartas e sextas na instituição filantrópica. Já o óleo usado, todos os dias, ao lado da Farmácia, onde fora colocado um tunel. O projeto Hospital Verde também lançou a CAMPANHA CANECA SUSTENTÁVEL: colaborador chega aos 50 kg de material reciclável, ganha uma caneca sustentável de fibra de coco.

Em 2020 foi adquirido  3 contêineres (R$ 870,00), lixeira para parede, 2 contêineres para o PS, rampa e lavanderia (R$ 1.288,00), 1 contêiner para a lavanderia (R$ 255,00), 2 lixeiras 50 L ao OS (R$ 248,00), balança digital, banner, adesivos, canecas para a Campanha Hospital Verde (R$ 1.633,99) e, em 2021, o freezer para a cozinha (R$ 2.850,00), totalizando R$ 7.145,59. “Antes, a gente tinha somente dois freezers pra conservar alimentos; estava precisando ampliar”, acrescentou a chefe da nutrição, Julia Geiger.

No São Lourenço Repórter – RÁDIO SÃO LOURENÇO AM 1190 Khz desta quarta-feira (30), a entrevista com o coordenador do projeto Hospital Verde, Magnun Weikamp e a chefe da nutrição, Julia Geiger.