O assessor da Presidência do Sistema Farsul, Luís Fernando Cavalheiro Pires, esteve no São Lourenço Repórter desta sexta-feira (2), para comentar a aprovação PL 260 2020, do Poder Executivo, que altera a Lei nº 7.747 de 22 de dezembro de 1982, na Assembleia Legislativa, na última terça-feira, 29 de junho. “Nós estamos tratando de um alinhamento com a legislação Federal”, disse Cavalheiro Pires.

Com a decisão, fica suprimida a exigência, pelo Estado, de que produtos agrotóxicos provenientes de importação tenham seu uso autorizado no país de origem. O Rio Grande do Sul é o único estado do país que tinha essa exigência. Fica mantido a exigência do registro junto ao órgão federal competente e cadastro nos órgãos estaduais. “Fazer uma justiça e trazer segurança aos produtores rurais”, explica.

Questionado na entrevista se a aprovação do PL irá baratear os produtos ao consumidor, a resposta fora objetiva: “Poderia acontecer o contrário: subir o custo dos alimentos nas prateleiras dos supermercados”.

A matéria recebeu 37 votos favoráveis e 15 contrários:

CLIQUE AQUI: Confira o voto do seu deputado estadual

Escute a entrevista na íntegra:

Entrevista com o assessor da Presidência do Sistema Farsul, Luís Fernando Cavalheiro Pires

por São Lourenço Repórter | 2/07/2021