REPORTAGEM ESPECIAL: Como a Polícia Civil desmantelou a organização criminosa que estava atuando em São Lourenço do Sul

REPORTAGEM ESPECIAL: Como a Polícia Civil desmantelou a organização criminosa que estava atuando em São Lourenço do Sul

O delegado de Polícia, Dr. Edson Ramalho, fora entrevistado no São Lourenço Repórter desta terça-feira para abordar como a Polícia Civil desmantelou uma facção com mandante de dentro da Penitenciária de Alta Segurança de Charqueadas, mas que vinha atuando exigindo lucro (extorsão) do comércio clandestino em São Lourenço do Sul. “O crime está organizado; existem organizações criminosas, voltadas para o crime, que vinham atuando em roubos, furtos e tráfico de drogas”, disse Ramalho.

No dia 16/06/2021, criminosos de Pelotas invadiram um bar de propriedade da vítima fazendo exigências de pagamentos para permitir a manutenção das atividades. Na oportunidade, quebraram máquinas de fliperama e acabaram presos, logo após, em posse de uma caminhonete Toyota/Hilux, roubada:

O comércio clandestino em São Lourenço do Sul e a facção, na ótica do Delegado: “A organização criminosa com sede em Pelotas, seguindo exemplo de facções da região metropolitana, ampliando suas atribuições também no ramo ilegal, não ilícito. Por exemplo, cigarros do Paraguai, contravenção com o jogo do bixo, caça-níqueis, porque esses indivíduos não estão na plena legalidade, não tem a proteção que um cidadão comum tem”.

No dia 19/06/2021, o mesmo grupo criminoso arremessou uma caminhoneta VW/Quantum contra o portão da garagem da residência da vítima que chegou a reagir efetuando disparos contra o veículo usado pelos criminosos que fugiram do local:

Como a organização criminosa atuava em São Lourenço do Sul? “Essa organização estava pressionando um dos detentores das máquinas caça-níqueis para dividir o lucro e, começou a fazer diversos atentados”.

No dia 23/06/2021, em nova ação de intimidação contra a vítima, o mesmo grupo criminoso, usando outro veículo, arremessou pedras contra o automóvel da vítima que estava estacionado em frente a sua residência:

Na sexta-feira (2/07), a Polícia Civil de São Lourenço do Sul, com apoio da Brigada Militar, cumpriu mandado de prisão preventiva no bairro Colina do Sol, expedido pelo Poder Judiciário de São Lourenço do Sul contra um dos autores do crime de EXTORSÃO praticado em São Lourenço do Sul. A investigação da Polícia Civil local apontou que o investigado (que estava em prisão domiciliar com uso de tornozeleira eletrônica) estava articulando os diversos atentados na investida de extorsão, a mando do líder da facção, que está preso na Penitenciária de Alta Segurança de Charqueadas. Conforme o delegado, o indivíduo é condenado a 11 anos de prisão por assalto a Carina Jóias, Lotérica e Farmácia, em 2016, aqui no município. “Eles não se sentem confortáveis em São Lourenço do Sul; não tem espaço em São Lourenço para organizações criminosas”, finalizou Ramalho – escute a entrevista:

Entrevista com o delegado de Polícia, Dr. Edson Ramalho

por São Lourenço Repórter | 6/07/2021

Pin It on Pinterest