“O Conselho não vai ser contra, mas também não vai ser uma ferramenta de apoio”, diz presidente do CMS sobre o Pronto Atendimento

“O Conselho não vai ser contra, mas também não vai ser uma ferramenta de apoio”, diz presidente do CMS sobre o Pronto Atendimento

Com a palavra, o presidente do Conselho Municipal de Saúde (CMS), Sr. Valnei Bröse: “O Conselho não vai se opor; o Conselho vai acolher e ajudar na construção; o Conselho não vai ser radicalmente contra, mas também não vai ser uma ferramenta de apoio”, disse ao São Lourenço Repórter na manhã desta terça-feira (13).

Na última semana teve assembleia do Conselho, entidade formada por usuários, prestadores de serviços, médicos, enfermeiros, gestores dos hospitais do município; própria Secretária da Saúde, Adriane Martins e, esteve presente o prefeito, Rudinei Härter. Ficou claro que o Pronto Atendimento 24h da Administração Municipal será implementado a partir de 1º de agosto. “A nossa Assembleia de núcleo busca elementos técnicos; objetivo para acolher as possibilidades em condições técnicas para subsidiar os conselheiros dentro dessas tomadas de decisões”, destacou.

Contudo, Bröse diz que o CMS trabalha pela consolidação do serviço de saúde e pela unificação da informação junto à comunidade, com protocolos orientados nas portarias, tanto da Santa Casa de Misericórdia, como do Pronto Atendimento – escute a entrevista:

Entrevista com o Presidente do (CMS), Valnei Bröse

por São Lourenço Repórter | 13/07/2021

Pin It on Pinterest