Parceiro do agronegócio há mais de um século e segunda maior instituição financeira do Brasil em crédito rural, o Sicredi irá disponibilizar mais de R$ 38,2 bilhões aos produtores no Plano Safra 2021/2022. O valor representa um aumento de 31% em relação ao concedido no ano-safra anterior e a projeção é de que os recursos sejam disponibilizados em aproximadamente 290 mil operações. “Nós conseguimos apoiar os nossos produtores rurais em mais de R$ 300 milhões em recursos. Pretendemos ter uma evolução de 25% desses recursos, incluindo investimento e custeio”, explanou a assessora de Negócios Agro, Camila Oliveira (FOTO CAPA), ao São Lourenço Repórter, na manhã desta terça-feira (20).

O Sicredi já está recebendo as propostas de financiamento para o Plano Safra 2021/2022, que vai até o final de junho do próximo ano. Antes de solicitar o crédito, o produtor rural associado deve fazer o planejamento da próxima safra (considerando o que vai plantar, qual é a área de cultivo e o orçamento necessário com base na análise de solo e sob orientação técnica quanto ao uso dos insumos e os demais serviços que serão utilizados). Depois disso, munido de todas essas informações, o associado poderá procurar a sua agência ou utilizar os canais digitais como o aplicativo do Sicredi ou o WhatsApp para dar andamento à contratação do crédito. “O Plano Safra proporciona crédito rural a todos os produtores, para impulsionar os negócios. É o momento de ‘surfar em uma onda’ positiva; ser um agregador de renda. O Sicredi tem a sua origem ao lado do produtor”, evidenciou Oliveira.

Balanço da safra 2020/2021 no Sicredi

No ano-safra 2020/2021, o Sicredi liberou um volume recorde de crédito rural. Foram R$ 29,1 bilhões aos produtores em mais de 220 mil operações, considerando também R$ 1,6 bilhão em CPR, o que representa um crescimento de 41% na comparação com o ano-safra anterior. Somente para a agricultura familiar, foram R$ 6,2 bilhões e para os agricultores de médio porte foram destinados R$ 5,1 bilhões. Os dois públicos foram atendidos por meio de 173 mil operações.

Escute a entrevista na íntegra:

Entrevista com a assessora de Negócios Agro, Camila Oliveira

por São Lourenço Repórter | 20/07/2021