Durante a Sessão Extraordinária de quinta-feira (22), o vereador do Partido dos Trabalhadores (PT) Ildo Döring, aprovou por unanimidade uma moção, visando apoiar a implementação de políticas públicas para empresas e transportadores de vans e ônibus escolares. A iniciativa de Döring teve apoio do conjunto de vereadores lourencianos e será direcionada ao Sr. Prefeito Municipal de São Lourenço do Sul, e ao Sr. Governador do Estado do Rio Grande do Sul.

A iniciativa do vereador Ildo Döring (PT) considera que o serviço de transporte escolar foi totalmente interrompido durante a pandemia, obrigando a grande maioria das empresas e seus funcionários a buscar serviços alternativos e novas soluções, até mesmo em outras atividades. A importante ação leva em conta os prejuízos que vão além da perda da renda mensal, pois, os veículos parados, acarretam problemas de manutenção, gerando mais custos, forçando muitas vezes a venda de alguns deles para a sobrevivência de seus proprietários, sendo que muitos mesmo parados têm que arcar com o pagamento dos funcionários, impostos, entre outras despesas da empresa.

A Moção considera que a realidade do setor de transportadores de vans e ônibus escolares é de que precisam prestar com exclusividade o serviço de transporte escolar não havendo possibilidade de readequação na prestação de serviços, e a crise mencionada impede o cumprimento dos contratos firmados entre os pais e os transportadores, e tal fato, gera por um lado a inadimplência e cancelamento por parte dos contratantes e por outro evidente constrangimento dos transportadores que não podem cobrar por serviços não prestados e ou recuperar clientes.  “Entendemos e nos solidarizamos com todos os demais setores que foram atingidos pela pandemia, mas que esse seja assistido com urgência, pois é de extrema importância para muitas famílias, transportando com segurança as crianças e adolescentes para seus educandários. Analisando, com vistas em outros lugares pelo país, diversas alternativas surgiram, por parte do executivo, para amenizar os problemas, como a oferta de linhas de crédito, auxílio emergencial e a liberação dos veículos de transporte escolar para outras atividades, em caráter excepcional e sem prejuízos aos condutores, entre outras”, considera a Moção de Apoio.

Nesse sentido, requer-se que os ambos os Governos, Estadual e Municipal, implementem políticas públicas favoráveis aos transportadores de vans e ônibus escolares, em especial o Governo Estadual que através dos bancos públicos podem e devem criar linhas de crédito com carência e juros baixos, visando para além de socorrer o setor, também resguardar e preservar essa importante estrutura que atende a rede de educação.