O domingo de corridas no Jockey Club de Pelotas foi marcado pela recuperação de um dos craques do plantel do Hipódromo de Tablada: Em Cima do Laço, do Stud Kategoria, que estava sem vencer desde a Prova Especial de Reabertura quando bateu o recorde dos 1.600 metros (com o tempo de 1min41seg).

Com uma apresentação praticamente perfeita com a condução do jóquei Leonardo Fonseca, o castanho de sete anos, treinado por Adão Ribeiro mostrou que não desaprendeu a correr na frente. Durante praticamente todo o percurso de 1.400 metros Em Cima do Laço travou uma disputa emocionante com Ornela do Stud Tricolor D’Azenha montada por Vagner Montes, para nos 300 metros finais abrir uma vantagem de quatro corpos para vencer com o tempo de 1min28seg.

“Pegamos uma partida excepcional e até corremos de frente, o que não é o estilo dele, então a Ornella que é uma égua ligeira tomou a ponta e eu fui sempre acompanhando de perto até que faltando 400 metros encostei e vi que iria dominar o páreo, porque ela já dava sinais de cansaço e ele ainda sobrava na pista. Foi uma grande felicidade vencer com Em Cima do Laço, porque nos últimos meses o treinador trabalhou duro para recuperá-lo e essa vitória mostra que o trabalho deu resultado”, diz o jóquei L. Fonseca.

MAIS EMOÇÃO – Se o reencontro de Em Cima do Laço com a vitória levou a equipe do Stud Kategoria à loucura, o que aconteceu com Luiz Antonio Vasconcelos não foi muito diferente quando na primeira corrida Abrojal cruzou na frente montado pelo carioca voador Henrique de Oliveira após uma corrida sem maiores dificuldades e na qual não encontrou adversários. Aos três anos o castanho está invicto com duas apresentações e duas vitórias na pista pelotense.

No páreo seguinte foi a vez de uma estreante sentir o gosto da vitória: Lagherta da Coudelaria San Paolo. Montada por V. Montes a potranca de três anos, com nome de rainha viking, disparou na frente e dominou a prova quase até a reta final quando travou a mais emocionante briga do dia com Pegasus Zip do Stud São Jorge Jaguarão, que montado por Norton Silva saiu das últimas posições para chegar brigando pela vitória nos metros finais. Apesar do susto a castanha confirmou a vitória nos 1.200 metros.

BATALHA ACIRRADA ENTRE JÓQUEIS – Entre os jóqueis a disputa pelo título da temporada 2021-2022 já começou quente. Após três reuniões o atual campeão L. Fonseca lidera com cinco vitórias contra três de H. Oliveira, que aparece em segundo lugar. Enquanto Luis Fernando Santos, Vagner Montes, Anthony Renan, Norton Silva e Daniel Staiti fecham a tabela todos com uma vitória cada.

“Esse início de temporada está show de bola e parece que teremos novamente uma disputa acirrada e emocionante pelo título”, afirma o líder, que na temporada anterior conseguiu tirar uma diferença de seis vitórias contra Jader Elias Rosa e vencer a competição de modo surpreendente.

Por, Álvaro Guimarães.