Assuntos interessantes realmente acontecem na Câmara de Vereadores de São Lourenço do Sul. Para a quarta-feira (1º), foi confirmada uma sessão extraordinária para a votação aproximada de 50 documentos, pedidos de informações e proposições, além de um projeto de lei. O presidente, Paulinho Pereira (PSDB), justificou que o objetivo era desobstruir a pauta. Só que, quando da apresentação ao plenário, o vereador Luiz Weber (PT), registrou pedido de vista (mais prazo para análise) e, a sessão ficou prejudicada no objetivo proposto. Diante da repercussão inusitada, o parlamentar se apressou em dar sua versão: Ele pretende fazer emendas parlamentares em alguns desses documentos e que o conteúdo não foi apresentado com o tempo necessário para as análises. Weber observou também que o pedido de vista para o único Projeto de Lei da pauta foi solicitado por outro partido e que outros assuntos também foram tratados na sessão. A pauta em questão voltará, para debates, hoje (3/9), 21 horas, outra extraordinária (sem custos), já convocada pela presidência da casa.

O vereador petista, na entrevista que concedeu ao Programa, aproveitou para criticar, com veemência, as condições precárias das estradas vicinais da nossa colônia e que não se justifica como causa, as chuvas do período. “As estradas estão ruins há mais de 3 meses”. Dirigiu também, críticas ao Prefeito por afirmar que a devolução do duodécimo da Câmara, estava aplicado em instituição financeira, como reserva para eventuais necessidades, advindas da pandemia. Para o legislador, o numerário deveria ser investido em equipamentos para a saúde do município.

Escute a entrevista:

Entrevista com o vereador Luiz Weber

por São Lourenço Repórter | 03/09/2021